Pai Feliz e Saudável

Ser pai muda a vida de qualquer homem, é inegável. De forma participativa, afetuosa e cada vez mais ativa na vida, educação e crescimento dos seus filhos, o pai está lá desde o primeiro instante para os filhos, para o casal e para a família! Por isso vamos celebrar o seu papel com dicas saudáveis, que ajudem a manter os seus níveis de energia e saúde. 

 

 A alimentação saudável é um dos pontos-chave para ter mais saúde e vitalidade, para além de ser uma excelente forma de dar o exemplo à mesa para os filhos se optarem por uma alimentação com escolhas equilibradas, agora e no futuro. De modo geral, quando os pais têm hábitos alimentares saudáveis, os filhos tendem a imitar: pais saudáveis, filhos saudáveis!

 

Contudo, ter hábitos alimentares saudáveis não significa optar por uma dieta restritiva ou monótona. Muito pelo contrário, um dos pilares fundamentais para uma alimentação saudável é a variedade, que deve ser encarado como uma oportunidade para expandir o leque de escolhas e experimentar novos pratos, novos ingredientes e combinações. Na verdade, diferentes alimentos contribuem com diferentes nutrientes o que enriquece o seu dia alimentar de pais e filhos.

 

Ao optar por hábitos alimentares mais saudáveis, não tem que abdicar de alimentos saborosos de que tanto gosta. Mas manter as rotinas equilibradas vai ajudar a deixar as exceções para os dias e frequência certa.

 

A base do quotidiano alimentar de um pai dinâmico e saudável deve ser constituída por hortícolas, frutas, cereais e leguminosas, uma vez que são alimentos ricos em fibra, vitaminas e minerais. Mas não invalida a introdução de todos os outros alimentos que nos apresenta a roda dos alimentos, porque não explorá-la com os seus filhos (se tiverem idade para tal)? Se forem mais pequenos aproveite e experimente inclui-los na preparação das receitas da família como a sopa ou alternativas dinâmicas e fora da caixa como por exemplo, fazendo mini pizzas de curgete ou construindo saladas e pratos coloridos, ou até formando bolinhas energéticas de fruta desidratada e frutos secos. O envolvimento das crianças na preparação dos alimentos é um fator chave para a melhoria dos seus hábitos alimentares e é uma forma de passarem tempo de qualidade em família.

 

Para além da alimentação, a qualidade e a quantidade de sono do pai é frequentemente inadequada, quer porque o bebé/criança chora ou tem pesadelos, quer porque não existe uma rotina de sono que permita descansar 7 a 8 horas por noite. Por sua vez, o sono inadequado pode impactar negativamente a saúde, pelo que se torna fundamental criar rotinas de sono, que permitam dormir as horas necessárias.

 

Algumas estratégias são:

  • Deitar-se sempre à mesma hora;
  • Evitar café e bebidas com cafeína à tarde e à noite;
  • Fazer um jantar leve, sem comidas gordurosas, nem bebidas alcoólicas;
  • Desligar-se de dispositivos eletrónicos e do trabalho, 1 hora antes de se deitar;
  • Diminuir a intensidade das luzes à noite;
  • Tomar um banho de água quente antes de ir para a cama;
  • Se tiver fome antes de se deitar, opte por fazer uma ceia com alimentos ricos em triptofano e/ou melatonina, como um iogurte ou um kiwi.

Igualmente essencial é praticar atividade física. Com a chegada da primavera, aproveite para juntar a família e organizar atividades ao ar livre:

  • Passeio de bicicleta num parque ou jardim;
  • Corrida num local à beira rio;
  • Caminhada na praia;
  • Percurso pedestre num trilho da sua zona.

Complete a atividade com um piquenique saudável com espetadas de tomate cherry e bolinhas de mozarela, uma quiche sem base, água aromatizada com fruta e hortelã e muita fruta.

 

Por fim, mas não menos importante, também os pais precisam de tempo para cuidarem de si. Lembre-se que é importante guardar um tempo livre para as atividades de que mais gosta. Ser saudável implica estar bem física e mentalmente.